Blog

  • O Instituto, de Stephen King

    1 de novembro de 2019

    O Instituto, de Stephen King

    Em algumas ocasiões no meu antigo blog eu escrevi sobre alguma adaptação ou sobre o próprio Stephen King, mas bem menos do que eu realmente queria. Até resolvi ressuscitar esse post sobre “It: A Coisa”, que escrevi em 2015 (e dei uma adaptada agora que assisti à nova adaptação), um tempo depois que terminei de ler o livro pela primeira vez (li uma segunda antes da estreia da parte 1 da nova adaptação, que aliás agora merece um texto sobre as duas partes num futuro próximo). Talvez eu faça uma série de textos sobre o King, como eu já prometi uma vez, mas nada garantido.

    Mas agora vou falar sobre “O Instituto”, o livro mais recente dele. Nela conhecemos Luke Ellis, um garoto extremamente inteligente e que demonstra ter ao menos um pouco de poderes paranormais, e que acaba tendo os pais assassinados e é sequestrado e levado para o “Instituto”, que fica no meio do nada. Lá ele conhece outras crianças e adolescentes como ele (com telepatia ou telecinesia), que passam por vários testes bizarros e que eles nunca entendem o verdadeiro motivo.

    King, como sempre, é um mestre em criar personagens incríveis. Seja para o bem (aqui no caso as crianças) ou para o mau (todos os envolvidos com o Instituto, ou seja: adultos). Você cria uma empatia gigantesca com as crianças (seja Luke ou algum de seus amigos no Instituto) e uma gigantesca antipatia pelos adultos (seja a cadeia de comando, os médicos ou até mesmo “cuidadores”, mas há exceções).

    No geral a história foge do terror/suspense pelo qual King é mais conhecido (apesar de que o Leitor Fiel sabe que não é bem assim), indo mais no caminho de um thriller de ficção científica misturado com um pouco de terror, mas em quantidade bem menor. Você é tragado pela história, principalmente quando o Instituto começa a mostrar o que é de verdade. E como eu disse no Facebook uns dias atrás, antes de chegar no clímax da história: é um dos meus livros favoritos agora. Não apenas de King, mas no geral.

    Postado por Will Sparrow

    Avatar do Caos, otaku da velha guarda, brony nas horas vagas.