Blog

  • Largado na estante: Scott Pilgrim

    14 de novembro de 2019

    Aproveitando o gancho do novo jogo de tabuleiro e as miniaturas, que estão prestes a serem lançadas, decidi fazer uma review do grandioso Scott Pilgrim Contra o Mundo. Atenção a review tem spoilers de algumas lutas que acontecem na hq. Lançando originalmente em 2004 pelo cartunista Bryan Lee O’Malley, criador de outras obras como Lost At Sea, Seconds e Snotgirl, vemos a história da vidinha preciosa de Scott Pilgrim, que começa a namorar a entregadora americana Ramona V. Flowers , mas se quiser ficar com ela, vai ter que derrotar a Liga dos ex-namorados malvados. Quando comecei a ler, pensei que seria uma história bobinha feita para matar o tempo, eu estava errado. Temos traição, bebedeira e porrada, a história passa muito longe de ser focado apenas nisso, é uma trama bastante criativa com personagens muito carismáticos que fazem você querer viver cada momento da história. Chega ser bem empolgante, com destaque para as lutas da Knives Vs. Ramona, Scott Vs. Todd e a luta final com o Gideon, mas sem duvidas o que mais gostei foi os personagens lidando com seus problemas pessoais, como por exemplo o Wallace e o Scott tendo que arrumar outro lugar porque o contrato do aluguel terminou, essa humanização dos personagens sem dúvidas é o que me chama atenção. Quanto os traços, vemos uma mudança significativa, no começo podemos ver que os personagens aparentam ter a idade que tem, mas quando vai chegando no final os personagens começam a parecer crianças, não que isso seja um ponto negativo, tudo pega um estilo muito mais cartunesco e mais fácil de distinguir uma coisa da outra e sinceramente prefiro assim. A Quadrinhos na Cia, editora responsável pela versão brasileira, fez um trabalho muito bom “adaptando” as onomatopeias para o português, moldando as letras e as refazendo. Originalmente são seis edições das HQs, são elas Scott Pilgrim Precious little life, Scott Pilgrim vs the world, Scott Pilgrim e the infinite sadness, Scott Pilgrim get it together, Scott Pilgrim vs the universe e Scott Pilgrim’s finest hour, mas aqui no Brasil foi compactado em três edições contendo dois do original em cada.

    Postado por Guilherme

    Sono Chi no Sadame!