Blog

  • Era Uma Vez… em Hollywood – E Aí?

    23 de agosto de 2019

    Era Uma Vez… em Hollywood – E Aí?

    Um filme de Quentin Tarantino sempre acaba chamando a atenção de quem curte a obra do cara, então meio que se torna um evento à parte ir ao cinema ver qual a ideia do Samuel Rosa de Hollywood dessa vez.

    “Era Uma Vez… em Hollywood” acompanha a história de Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) e seu dublê, amigo e ajudante geral Cliff Booth (Brad Pitt, numa de suas melhores atuações) durante o ano de 1969 em Hollywood. Dalton é um astro de western em queda, que tenta manter a cabeça erguida com a ajuda de Booth, enquanto na casa ao lado da sua na Cielo Drive seus novos vizinhos são Roman Polanski (Rafal Zawierucha) e Sharon Tate (Margot Robbie). Temos também uma pitada da Família Manson no Rancho Spahn e o palco está montado para o massacre da Família Manson em agosto de 1969. Mas estamos falando de Tarantino, então tenha sempre isso em mente.

    O filme é um ode de Tarantino ao cinema, sua grande paixão desde sempre. Ele tem um foco maior na cidade de Hollywood e na ideia de como os astros lá vivem e trabalham, sempre focado em Dalton, Booth e em alguns momentos em Tate. Quando falamos em atuações temos que falar principalmente da dupla DiCaprio e Pitt, que se entregam aos papéis de corpo e alma. O Rick Dalton de DiCaprio é um ator que está se entregando à derrota da derrocada de sua carreira, mas que busca em um papel num piloto de uma nova série fazer valer todo seu talento como o vilão, e olha: eu assistiria àquela atuação quantas vezes fosse possível. Pitt por sua vez tem em seu Cliff Booth um ex-Boina Verde que faz de tudo para ajudar o amigo Dalton (mesmo que sendo pago por isso) a não desistir, enquanto anda pela cidade (sendo ele um dos elos que nos leva a ver a família Manson no Rancho Spahn) e tenta ainda algum trabalho como dublê ao lado de seu amigo. Margot Robbie faz sua Sharon Tate brilhar quando está em tela. E as diversas participações que temos no filme, que vão desde caras que acompanham Tarantino desde sempre como Michael Madsen até nomes do calibre de Al Pacino e Timothy Olyphant deixam o filme ainda melhor.

    Sendo fã de Tarantino ou não esse filme vale aquela olhada marota, se não no cinema quando ele estiver rodando pelos streamings e afins!

    Postado por Will Sparrow

    Avatar do Caos, otaku da velha guarda, brony nas horas vagas.